quarta-feira, 30 de novembro de 2011

Meia Noite

“Era perto da meia-noite; Paulo e Silas contavam hinos a Deus e os outros presos os escutavam”. – (Atos, 16.25).
 
Reveste-se de profundo simbolismo aquela atitude de Paulo e Silas nas trevas da prisão, quando numerosos encarcerados ali permaneciam sem esperança, eis que os herdeiros de Jesus, embora dilacerados de açoites, começavam a orar, entoando hinos de confiança.
O mundo atual, na esteira de transições angustiosas e amargas, não parece mergulhado nas sombras que precedem a meia-noite?
Conhecimentos generosos permanecem eclipsados. Noções de justiça e direito, programas de paz e tratados de assistência mútua são relegados a plano de esquecimento.
Quantos homens jazem no cárcere das desilusões, da amargura, do remorso, do crime? Através de caminhos desolados, ao longo de campos que as bombas devastaram, dentro de sombras frias, há mães que choram, velhos desalentados, crianças perdidas.
Quem poderá contar as angústias da noite dolorosa? Os aprendizes do Evangelho, igualmente, sofrem perseguições e calúnias e, em quase toda parte, são conduzidos a testemunhos ásperos.
Muitos se envolveram nas nuvens pesadas, outros se esconderam fugindo à hora de sofrimentos; mas, os discípulos fiéis, esses suportam ainda açoites e pedradas e, não obstante as trevas insondáveis da meia-noite da civilização, oram nos santuários do espírito eterno e cantam cânticos de esperança, alentando os companheiros.
Enquanto raras almas sabem perceber os primeiros rubores da alvorada, em virtude da sombra extensa, recordemos os devotados obreiros do Mestre e busquemos na prece ativa o refúgio consolador. Se o mundo experimenta a tempestade, procuremos a oração e o trabalho, a fé e o otimismo, porque outro dia abençoado está a nascer e em Jesus Cristo repousa nossa resistência espiritual.
 
Do livro "Trilha de Luz", Emmanuel (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)

Na Hora de Dormir


O sono é o momento de descanso do corpo físico, disto todos nós bem sabemos, adoramos dormir, pois ao fim do dia estamos cansados e ao acordar estamos renovados.

Durante o sono, o espírito não precisa descansar, na verdade, muitas vezes o espírito sai do corpo para viver novas experiências. Os que são inclinados ao bem, à melhoria contínua de suas vidas, vão em busca de conselhos dos bons espíritos.
Os que tem más inclinações, buscam mesmo durante o sono a prática do mal, são perseguidos ou rodeados por espíritos que simpatizam com suas idéias.

Se, antes de dormir, a pessoa elevar seus pensamentos a coisas boas, se pedir a Deus que receba bons conselhos dos bons espíritos, ao acordar a pessoa estará se sentindo renovada, pronta para iniciar o novo dia.

Alguns de nós ainda trabalham durante o sono, é o caso dos chamados espíritos socorristas. Estes, trabalhadores incansáveis da caridade, o fazem até dormindo, socorrendo espíritos que estão desencarnando, socorrendo irmãos que estão sofrendo.
É comum a estas pessoas acordarem cansadas, mas nada que a prece pela manhã não lhe traga boas vibrações e ânimo para prosseguir adiante.

segunda-feira, 28 de novembro de 2011

Oração de Natal

Senhor Jesus!
Agradecemos o teu Natal repleto de esperança e de luz que nos impele a sair de nós mesmos, ao encontro de companheiros em necessidades maiores que as nossas.
Agradecemos-te o pão que nos deste para repartir e o agasalho que nos enviaste para vestir os nossos irmãos expostos à noite.
Entretanto, comparecemos diante de ti rogando-te mais ainda...
Se nos permites, nós te pedimos socorro:
- para os corações desesperados;
- para os que se imobilizam no orgulho, perguntando se existes;
- para os que se cristalizam na sovinice, dando idéia de que trazem unicamente um cifrão por dentro da própria alma;
- para os que se entregam à violência, como se não tivessem de dar contas da selvageria com que arrasam a vida dos semelhantes;
- para os que se confiam às paixões descontroladas e envenenam corações sensíveis e afetuosos, para depois atirá-los nos despenhadeiros do descrédito e do suicídio;
- para os que se transviam na vaidade e se apresentam por donos da verdade com o objetivo de esmagar ou confundir os outros;
- para os que se enquistam no egoísmo da posse e se esquecem de que muitos companheiros de humanidade adoecem de fome, depois de lhes baterem inutilmente às portas do coração;
- para os que abusam da autoridade, pisando sobre a dor dos irmãos ainda fracos e necessitados;
- e para todos nós, Senhor, que te buscamos, de alma e coração, conscientes de Nossos próprios encargos, a fim de que não nos falte a força precisa para amar-nos uns aos outros, no serviço que nos confiaste, de modo que, realizando as tarefas de Hoje, possamos encontrar no tempo um amanhã mais feliz.
 
Do livro "Presença de Luz", Augusto Cezar (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)

Receitinha da Felicidade

Este dia é o seu melhor tempo, o instante de agora.
Se você guarda inclinação para a tristeza,
este é o ensejo de meditar na alegria da vida
e de aceitar-lhe a mensagem de renovação permanente.
Se a doença permanece em sua companhia,
surgiu a ocasião de tratar-se com segurança.
Se você errou, está no passo de acesso ao reajuste.
Se esse ou aquele plano de trabalho está incubado
em seu pensamento, agora é o momento de começar a realizá-lo.
Se deseja fazer alguma boa ação,
apareceu o instante de promovê-la.
Se alguém aguarda as suas desculpas
por faltas cometidas, terá soado a hora
em que você pode esquecer qualquer ocorrência
infeliz e sorrir novamente.
Se alguma visita ou manifestação afetiva
esperam por você chegou o tempo de atendê-las.
Se precisa estudar determinada lição,
encontrou você a oportunidade de fazer isso.
Este dia é um presente de Deus,
em nosso auxílio; de nós depende aquilo
que venhamos a fazer com ele.

André Luiz

Homossexualismo - Doença ou Opção?

Nem um, nem outro...

Ser gay, como muitos preferem dizer, não é doença, pois não tem cura e nunca terá.
Também não é uma opção, ninguém escolhe de quem vamos gostar, tão pouco somos capazes de lutar contra a nossa natureza, vide o gay que diz sofrer por assim ser, se fosse opção bastaria ele mudar para outra opção, mas não consegue.

O que é então?

Ser gay é ser como todos nós somos, pois diante de Deus, nosso PAI Celeste, somos todos iguais. A Deus, não importa a raça, a crença, a cor, o sexo, o tamanho, mas importa o que vem de dentro do coração.

Discriminar um gay é atirar pedras em um de nossos irmãos. Dizer que é errado ser gay, é julgar nossos irmãos.

Devemos nos atentar ao fato de que um homem que ama outro homem ou uma mulher que ame outra mulher fogem ao que o ser humano está acostumado a compreender, pois não foi isso que aprendemos na escola, não é mesmo?

E tudo o que a escola ensina é correto e  necessário em sua totalidade? Acaso o homem é conhecedor de tudo para ser capaz de instruir um ao outro? Se assim o fosse, não precisariamos de Deus, tão pouco de Jesus, se assim o fosse não precisariamos estudar o evangelho, documento este que nem o homem conseguiu ainda compreender em sua plenitude.

Em verdade vos digo, não importa o sexo, se for AMOR verdadeiro, é obra de Deus, pois Deus é todo amor e bondade. Deus jamais condenaria um de seus filhos por ele amar o seu próximo, pois se o fizesse, o que Jesus nos ensinou estaria errado.

Para os mais céticos, vou deixar a última pulga atraz da orelha e finalizar esta mensagem falando sobre a promiscuidade, ou seja, aquele que tem vários parceiros sexuais, isso sim pode ser considerado errado pois é um abuso da necessidade materialista e não há amor nesse ato. Mas porque relacionamos promiscuidade com homossexualismo?

Por puro preconceito, pois os héteros santinhos, na verdade, também o fazem. Portanto, NÃO É ERRADO SER GAY, MAS É ERRADO ABUSAR DO SEXO EM ATOS PROMÍSCUOS.

Amai uns aos outros, aceitai uns aos outros com as suas imperfeições e não julgais para não serdes julgado.

domingo, 27 de novembro de 2011

Estar a sós com Deus é uma bênção.

Vinde, bendizei o Senhor, vós todos, servos do Senhor; Levantai as mãos para o santuário e bendizei o Senhor.
   
Os que “passam a noite” na casa do Senhor ganham muitas bênçãos. Durante o dia vivem agitados cuidando de si, mas a noite traz a calma  e a penumbra do templo, e eu, o teu Deus, me revelo a ti.
 
Muitos me servem mas gostam se ser vistos pelos outros. Quando precisam ir para a solidão, desistem e me abandonam. Mas existe uma bênção especial para quem sabe perseverar nos tempos obscuros e me servir quando tudo vai mal.
 
Nesses momentos de trevas, quando tudo vai mal, podes erguer tuas mãos e me adorar em abandono total. Ninguém te verá nem criticará.
 
Por isso quero que te ponhas à parte e te santifiques. Eu te verei, te abençoarei e te recompensarei.
 
GWEN R.SHAW

Toque de Amor

DEIXA QUE A FÉ EM DEUS TE ILUMINE A VISÃO PARA QUE TE RECONHEÇAS NO LUGAR DE SERVIR.
INDUBITAVELMENTE, PERCEBERÁS A SÉRIE DOS DESAFIOS QUE TE RODEIAM:
O LAR TALVEZ DIFÍCIL, ENTES AMADOS NA DESVINCULAÇÃO VIOLENTA, INCOMPREENSÕES À MOSTRA, OCORRÊNCIAS QUE SE VESTEM DE LÁGRIMAS. . .
ENTRETANTO, NÃO TE CONVERTAS EM TUBA DA AFLIÇÃO.
TUMULTO ADIA EM NÓS A CONEXÃO NECESSÁRIA COM A PROVIDÊNCIA DIVINA.
AMA E AUXILIA SE TE ALTERAR.
A ROSA ACABARÁ FLORESCENDO NO ESPINHEIRAL.
AS ESTRELAS SURGIRÃO VARANDO AS TREVAS.
DEUS ESTÁ AGINDO.
NA CONSTRUÇÃO DA FELICIDADE, ONDE A PROVAÇÃO APAREÇA NÃO TE LAMENTES NEM RECLAMES.
DÁ O TEU TOQUE DE AMOR E DEUS FARÁ O RESTO.


MEIMEI

sábado, 26 de novembro de 2011

Luz Espírita - Elizabete Lacerda


Momento com Jesus

"Na paisagem invadida de sombras, a multidão sofria e lutava por encontrar uma porta libertadora.
Na movimentação dos infelizes, surgiam conflitos e padecimentos, incompreensões e entraves que somente serviam para acentuar a penúria e o medo, as aflições e as feridas reinantes no caminho.
Alguns beneméritos aparecerem com o objetivo de solucionar o enigma da região.

Culto orientador intelectual elevou-se à grande tribuna, envolvida igualmente de trevas, e procurou instruir e consolar a compacta fileira de sofredores, conquistando o respeito geral; contudo, nem todos lhe compreenderam as palavras e áridas discussões se fizeram no vale da espessa neblina.
Veio um grande benfeitor e, compadecido, distribuiu vasta provisão de alimento e agasalho aos famintos e aos nus, merecendo o aplauso de muitos; entretanto, achava-se limitado às possibilidades individuais e não pode atender a todos, perseverando o império da dor no círculo popular.

Surgiu um médico e dispôs-se a curar os corpos doentes e amparou a comunidade, quanto lhe foi possível, recebendo expressivo reconhecimento público; mas não conseguiu satisfazer a exigência total do extenso domínio de sombras, mantendo-se o vale na antiga situação de expectativa e discórdia.
Apareceu um filósofo e aconselhou regras especiais de meditação, atraindo o carinho e a gratidão dos pesquisadores intelectualizados; no entanto, era incapaz de resolver todos os problemas e a paisagem prosseguiu dolorosa e escura.

Mas, surgiu um homem de boa vontade que, depois de recolher bênçãos e valores, no serviço aos semelhantes, acendeu uma luz no próprio coração.
Maravilhoso milagre surpreendeu o vale inteiro.
Nem mais contendas, nem mais reclamações.
Precipitou-se a multidão para a claridade daquele que soubera transformar-se em lâmpada viva e brilhante, descortinando a estrada libertadora.
Tal benfeitor correspondia à exigência de todos e solucionava o problema geral.
E, por bem-aventurado, avançou para a frente, com o poder de guiar e auxiliar, por haver improvisado em si mesmo o poder silencioso de amar e servir.
Não duvidemos, em nossas dificuldades, de aprender e ensinar, recebendo as luzes do Alto e distribuindo-as no grande vale da luta humana.
Todos os títulos de fraternidade e benemerência são veneráveis, mas, o coração que se une ao Cristo e se converte em luz para todos os companheiros da romagem terrestre é, sem contestação, o autor feliz da caridade maior."

                
ANDRÉ LUIZ
(Apostilas da Vida, 19, F. C. Xavier, IDE)

sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Confissões de Divaldo Franco


Certa vez, fui a um padre confessar (antes de tornar-me espírita). Contei-lhe sobre minhas comunicações com os mortos. Para ele eram forças demoníacas tentando me afastar da Igreja. Veio-me uma mágoa de Deus e comecei a questionar:
- Sou um bom católico, bom sacristão, adoro a Igreja, faço jejum, passo a semana da Páscoa sem comer até o meio-dia. Se Deus não pode com o diabo, eu vou agüentar? O diabo vai me vencer. Como um garoto de 17 anos, do interior, ingênuo, pode vencer o diabo se nem Deus consegue?
Entrei em depressão e fiquei com mágoa de Deus. Confessei-me ao padre:
- Eu vou me matar. Nossa Senhora do Carmo vai ter pena de mim, vai me colocar o escapulário e me tirar do inferno.
Ele me olhou demoradamente e respondeu:
- Não tome nenhuma atitude agora. O demônio às vezes nos perturba para testar a nossa fé; quando não consegue, abandona. Volte para a Igreja.
Era um homem honesto, acreditava piamente em suas idéias.
Um dia, ao confessar-me a ele, vi aproximar-se um Espírito. Tive outro conflito:
- Como pode o diabo entrar na sacristia?
Aliás eu via sempre os Espíritos. no momento da eucaristia a hóstia tornava-se luminosa quando colocada na minha boca. Às vezes, em Feira de Santana, via o cônego Mário Pessoa aureolado. No meu entendimento (católico), ele era um santo. As pessoas na hora da fé se iluminavam e eu julgava tudo alucinação.
Quando o Espírito entrou, exclamei:
- Olha, o diabo está vindo, e é mulher!
- Você vê algum sinal particular no rosto dela? - indagou-me o padre.
- Vejo uma verruga acima do lábio.
- E o que mais?
- O cabelo está partido ao meio, penteado com um coque atrás.
- E o que mais?
- Vejo um xale sobre os ombros, com pontas, um xale negro de xadrez.
- Pode ficar tranqüilo, é mamãe.
Ela "incorporou" e conversou com o padre. Quando despertei, ele me esclareceu:
- Divaldo, mamãe veio me alertar. A sua missão não é aqui, vá seguir a tarefa que Deus lhe confiou, porque o bem está em todo lugar.
Fiquei mais tumultuado, porque eu não era espírita, tinha medo, sentia-me de certo modo aliado da Igreja, mas continuava a frequentá-la e ao Centro Espírita.
Tinha conflitos de fé, principalmente quando morreu minha irmã, por suicídio. Mamãe foi encomendar missa a esse mesmo sacerdote, um homem bom, e ouviu dele:
- Dona Ana, não posso celebrar, porque o suicida está no inferno e Deus não o tira de lá.
Foi quando aprendi a primeira lição de lógica e de psiquiatria, com uma mulher iletrada - a minha mãe:
- Padre, então eu renego o seu Deus. Se Ele não é capaz de perdoar não é digno de ser Deus. Sou lavadeira modesta e analfabeta, mas a filha que perdi, eu a perdôo; como é que Deus, que a tem, não a perdoa? Digo mais, quem se mata não está no seu juízo.
Mais tarde eu viria saber que muitos portadores de psicose maníoco-depressiva PMD, vão ao suicídio.
Aprendi muito com esse homem, com mamãe, e quando eu lhe disse que não iria mais à igreja, ela me respondeu:
- Deus está em todo lugar. Se você for justo e agir com retidão, Ele estará com você. Faça o bem, meu filho, porque a verdadeira religião é aliviar o sofrimento alheio.
A partir desse acontecimento integrei-me lentamente ao Espiritismo.

Divaldo Franco

Na Noite de Natal

 “Minha mãe, por que Jesus,
Cheio de amor e grandeza,
Preferiu nascer no mundo
Nos caminhos da pobreza?
Por que não veio até nós,
Entre flores e alegrias,
Num berço todo enfeitado
De sedas e pedrarias?”
– “Acredito, meu filhinho,
Que o Mestre da Caridade
Mostrou, em tudo e por tudo,
A luminosa humildade!...
Às vezes, penso também
Nos trabalhos deste mundo,
Que a Manjedoura revela
Ensino bem mais profundo!”
E a pobre mãe de olhos fixos
Na luz do céu que sorria,
Concluiu com sentimento,
Em terna melancolia:
– “Por certo, Jesus ficou
Nas palhas, sem proteção,
por não lhe abrirmos na Terra
As portas do coração.”


Do livro "Parnaso de Além-Túmulo", João de Deus (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)

A Piedade


A piedade é o sentimento irmão da caridade, precursor a caridade, ou seja, é ela quem alimenta em nós a vontade de querer auxiliar o próximo.

Ao contrário do que os orgulhosos pensam, a piedade é um sentimento que traz a oportunidade do alívio ao sofrimento do próximo por cada lágrima que derramamos por ele.

Ter piedade é ter coração, é amar e querer fazer o bem ao ver o irmão necessitado. O orgulhoso não tem piedade, se compraz com sofrimento dos outros, finge que não é com ele e passa de nariz empinado, ignorando seu irmão.

Por quantas vezes já não pedimos a Deus para ter piedade e misericórdia de nossos erros? Agora pense em não pedir somente para ti, mas também para o teu irmão que necessita, pede a Deus piedade, misericórdia e clemência para que aquele que agride, ofende, maltrata, humilha, passa fome, passa sede, está sujo e com frio possa se recuperar, possa receber auxílio, ou até mesmo possa lhe tocar o coração para que você seja mais caridoso.

Jesus foi o maior exemplo de piedade para nós, pediu isso ao PAI quando ia morrer na carne e ainda assim não nos condenou pelos nossos erros e imperfeições.

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

A Paz - Momento Espírita

A Caridade-indulgente

Amados irmãos, é bem verdade o quão difícil muitas vezes nos é de fazermos a caridade doando nossos bens materiais. Poucos de nós temos riquezas para compartilhar. Mas todos podemos fazer a caridade de outra forma, a caridade-indulgente.

Não  menos importante, essa caridade na verdade é mais pura e preciosa para Deus. O perdão, o auxílio nas palavras de conforto, o amor doado, são tão valiosos quanto o dinheiro distribuido.

Isso se deve ao fato de que muitas vezes doamos em bens materiais aquilo que nos sobra, aquilo que não nos fará falta. Dessa forma, não nos privamos de nada e acabamos fazendo a caridade mais fácil, a de dar aquilo que não queremos mais.

Quem não quer amor? Quem não quer paz? Quem abriria mão do seu tempo? Ao doarmos amor, paz, tempo e outras tantas coisas boas que temos, não só nos privamos destes benditos presentes divinos como também fazemos um bem muito maior ao necessitado.

Reflitamos sobre isso, olhemos o que fazemos, pensemos em como fazer mais e melhor sempre. Muitos precisam de nós, podemos ajudá-los, basta querermos.

quarta-feira, 23 de novembro de 2011

Tensão Emocional

Não raro, encontramos, aqui e ali, os irmãos doentes por desajustes emocionais.

Quase sempre, não caminham. Arrastam-se. Não dialogam. Cultuam a queixa e a lamentação.

E provado está que, na Terra, a tensão emocional da criatura encarnada se dilata com o tempo.

Insegurança, conflito íntimo, frustração, tristeza, desânimo, cólera, inconformidade e apreensão, com outros estados negativos da alma, espancam sutilmente o corpo físico, abrindo campo a moléstias de etiologia obscura, à força de se repetirem constantemente, dilapidando o cosmo orgânico
.
Se consegues aceitar a existência de Deus e a prática salutar dessa ou daquela religião em que mais te reconfortes, preserva-te contra semelhante desequilíbrio...

Começa, aceitando a própria vida, tal qual é, procurando melhorá-la com paciência.

Aprende a estimar os outros, como se te apresentem, sem exigir-lhes mudanças imediatas.

Dedica-te ao trabalho em que te sustentes, sem desprezar a pausa de repouso ou o entretenimento que se te restaurem as energias.

Serve ao próximo, tanto quanto puderes.

Detém-te no lado melhor das situações e das pessoas, esquecendo o que te pareça inconveniente ou desagradável.

Não carregues ressentimentos.

Cultiva a simplicidade, evitando a carga de complicações e de assuntos improdutivos que te furtem a paz.
Admita o fracasso por lição proveitosa, quando o fracasso possa surgir.

Tempera a conversação com o fermento da esperança e da alegria.

Tanto quanto possível, não te faças problema para ninguém, empenhando-te a zelar por ti mesmo.

Se amigos te abandonam, busca outros que consigam compreender com mais segurança
.
Quando a lembrança do passado não contenha valores reais, olvida o que já se foi, usando o presente na edificação do futuro melhor.

Se o inevitável acontece, aceita corajosamente as provas em vista, na certeza de que todas as criaturas atravessam ocasiões de amarguras e lágrimas.

Oferece um sorriso de simpatia e bondade, seja a quem for.

Quanto à morte do corpo, não penses nisso, guardando a convicção de que ninguém existiu no mundo, sem a necessidade de enfrentá-la.

E, trabalhando e servindo sempre, sem esperar outra recompensa que não seja a bênção da paz na consciência própria, nenhuma tensão emocional te criará desencanto ou doença, de vez que se cumpres o teu dever com sinceridade, quando te falte força, Deus te sustentará, e onde não possas fazer todo o bem que desejas realizar, Deus fará sempre a parte mais importante!...


Referencias: Do livro Companheiro Pelo Espírito Emmanuel
Médium: Francisco C. Xavier

Revelações e Preconceitos

Perguntas, muita vezes, por que motivo os instrutores desencarnados silenciam determinados temas doutrinários em determinadas regiões.
Junto desse ou daquele povo, falam na reencarnação, com veemência, enquanto que, junto de outros, parecem ignorá-la.

Aqui, relacionam as graves consequências do suicídio, e, adiante, como que apagam todas as referências em torno de semelhante calamidade, considerada, ainda, em certos agrupamentos raciais, como ponto de honra.
Em muitos lugares prestigiam as observações do fenômeno, e, em outros, destacam os merecimentos da escola.
 
Entretanto, é preciso reconhecer que há alimento físico e alimento espiritual. E tanto quanto existem idades e condições físicas, existem idades e condições espirituais.
É necessário, desse modo, observar os mecanismos gástricos e os mecanismos mentais de cada criatura em si mesma.
Não se administra à criança a alimentação devida ao adulto e não se oferece ao adulto a alimentação artificial da chupeta.
Há doentes que pedem soro para se equilibrarem.
Há enfermos que exigem a transfusão de sangue para fugirem da inanição.
E, em toda a parte, vemos pessoas que ainda não aprenderam a raciocinar por si mesmas, reclamando idéias àqueles que as dirigem, à maneira dos fetos que não podem manobrar os órgãos em formação, esperando sustento, pela endosmose, no claustro maternal em que se corporificam.
 
Estudemos a posição particular dos companheiros da caminhada humana, oferecendo-lhes a verdade dosada em amor.
A Divina Sabedoria não aprova princípios de violência.
Os próprios pais da Terra esperam, compassivos, pelo crescimento dos filhos, a fim de entregá-los às bênçãos da Natureza, cada qual a seu tempo.
Contudo, porque a vida nos trace a todos o claro dever da tolerância fraterna, ensinando-nos a respeitar os preconceitos dos outros, não temos a obrigação de adorar ou louvar, propagar ou seguir preconceito algum.
 
Do livro "Seara dos Médiuns", 59, Emmanuel (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)

terça-feira, 22 de novembro de 2011

Poema de Cora Coralina

Lindo demais Coração é terra que ninguém vê.
Quis ser um dia, jardineira de um coração. Sachei, mondei - nada colhi. Nasceram espinhos e nos espinhos me feri.
Quis ser um dia, jardineira de um coração. Cavei, plantei. Na terra ingrata nada criei. Semeador da Parábola... Lancei a boa semente a gestos largos... 
Aves do céu levaram. Espinhos do chão cobriram. O resto se perdeu na terra dura da ingratidão Coração é terra que ninguém vê - diz o ditado.
Plantei, reguei, nada deu, não. Terra de lagedo, de pedregulho, - teu coração. Bati na porta de um coração. Bati. Bati. Nada escutei. Casa vazia. Porta fechada, foi que encontrei... Cora Coralina 

Ação de Paz

No teu círculo de amigos não faltam aqueles que cultivam a violência, a arrogância, o espírito perturbador...

Bulhentos, irrequietos, gostam de promover desordens, sempre armados contra tudo e todos.

Cuidado com eles!

Aconselham a anarquia, estimulam as arruaças, encorajam a malquerença.

Não te inspires na sua poluição mental, responsável pelo seu comportamento alienado.

Trata-os com gentileza, no entanto, poupa-te à sua convivência malfazeja.

Eles são cansativos pela instabilidade e exaurem aqueles que os cercam, em razão da agressividade em que se debatem.

* * *

Há quem aconselhe revide a qualquer ofensa; reproche a toda insinuação; respostas ácidas às provocações...

O fogo não se acaba, quando se lhe atira combustível.

Assim também acontece com o mal.

A única alternativa é a que decorre da ação do bem, que apaga as labaredas da violência e estabelece a paz na qual o progresso se firma.

* * *

És instrumento da vida, para a tua e a felicidade geral.

Esparze alegria, sem fomentar o pandemônio.

Irradia dignidade, sem carantonha ou simulação sisuda.

Favorece a paz, sem pieguismo ou receio da perturbação.

Tua realidade íntima, tua forma de vida pessoal.

Vive em paz, e apazigua todos quantos se acerquem de ti.

Autor: Joanna de Ângelis
Psicografia de Divaldo Franco

Brilha Vossa Luz

Bendito Sejas

Bendito sejas, coração amigo,
Pelo pão que dás, à porta,
Ao companheiro que se desconforto,
na aflição da penúria sem abrigo!...

Deus te faça feliz pela roupa que ofertas
Aos torturados do caminho,
Que tantas vezes se vão ao deslinho
Das feridas que trazem descobertas...

Deus te conceda o premio da ventura
pela ternura sorridente
Com que cevas ao doente
O amparo do remédio e a esperança da cura.

Deus te guarde na fonte da alegria,
Para lenir, no esforço a que te dês,
A orfandade e a viúves
Que vivem para a dor de cada dia.

Deus, porem, te abençoe, coração brando e pasmo,
Com a mais sublime recompensa,
Quando olvidas a intromissão da ofensa,
O golpe da injustiça e a pedra do sarcasmo.

Deus te exalte no santo esquecimento
Do mal que te golpeia,
Reduzindo a extensão da chaga alheia
Sem cogitar do próprio sofrimento.

Bendito sejas, coração submisso,
Embora sábio entre os mais sábios,
Pela palavra boa de teus lábios,
No exemplo da bondade e do serviço,

Porque o amor transforma a sombra em luz
E o perdão, onde ampare, nunca erra,
Auxiliando a vida em toda a Terra
Para o Reino Divino de Jesus.

Maria Dolores, Poetas Redivivos – Chico Xavier

segunda-feira, 21 de novembro de 2011

Relacionamento

Se dificuldades e provações te visitam, no relacionamento com o próximo, não te permitas requentar mágoas no coração.
 
Deixa que a confiança na Sabedoria Divina te dissipe qualquer sombra do pensamento, lembrando o Sol a desfazer nuvens diariamente para vitalizar e revitalizar os processos da vida.
Para isso, é imperioso que a compreensão te presida os impulsos. E a compreensão te fará saber que os outros são criaturas autônomas, gravitando sempre na direção de objetivos diferentes dos teus.
 
A certeza disso te livrará da solidão negativa, capaz de induzir-te a desânimo e desespero.
A verdade nos ensina que ninguém realiza o bem e nem caminha para o bem, sem os outros, mas porque isso aconteça, ninguém pode exigir que os outros lhe carreguem a existência, nas sendas a percorrer.
 
Os outros serão nossos cooperadores, intérpretes, associados e companheiros, enquanto isso se lhes faça possível, ocorrendo o mesmo conosco, em relação a eles.
À vista disso, ama aos amigos sem prendê-los...
Esse terá sido o sustentáculo de tuas esperanças, por muito tempo; entretanto, é possível surja um dia em que não consiga permanecer inteiramente ao teu lado, em face de novas tarefas que lhe despontam na senda.
 
Outro te entendia os propósitos, até ontem; no entanto, experiências, que se lhe fizeram necessárias, alteraram-lhe provisoriamente os raciocínios. 
 
Aceita-os quais se mostram, continuando a agir no exercício do bem e seguindo adiante na construção da vida melhor em ti mesmo.
Ninguém aprende algo de bom e nem melhora a si mesmo, sem os outros, mas ninguém pode depender totalmente dos outros nas realizações que demande.
 
Nos momentos de mudanças e renovação para aqueles a quem mais amas, afasta de ti a idéia de separação e não te lastimes.
Prossegue trabalhando, porque, pelos Desígnios da Vida Superior, outros virão ao teu encontro para a execução das tarefas que o mundo te conferiu e os que se afastam de ti voltarão depois, com mais força de amor, a fim de te auxiliarem ou serem auxiliados.
A verdade não se deteriora.
 
Somente perde os seres queridos aquele que possessivamente os procura, quando se fazem distantes, porquanto quem ama, ama sempre, e de tal modo que, ainda mesmo quando os corações amados se distanciam, o coração que ama prossegue amando-os e abençoando-os, sabendo conscientemente que, pelas forças do espírito, jamais deles se afastará.
 
Do livro "Calma", Emmanuel (Espírito), Francisco C. Xavier (psicografia)

O que Importa

Notas o desprezo.
O abandono te tortura.
Mas o que importa é tua fé.
Ouves a calúnia.
A falsidade te fere.
Mas o que importa é tua verdade.
Assistes à revolta.
A violência te atinge.
Mas o que importa é teu perdão.
Observas o orgulho.
A arrogância te machuca.
Mas o que importa é tua humildade.
Reparas a inveja.
O despeito te constrange.
Mas o importa é tua paz.
O importante não é o que os outros pensam, falam ou fazem contigo.
O que realmente importa é tua atitude.


Autor: Bezerra de Menezes
Psicografia de Antônio Baduy Filho

Falai a Verdade, mas Falai de Coração

Há um trecho em O Evangelho Segundo o Espiritismo que nos diz: sede feliz quando os homens, tratando-vos com má vontade, vos derem a ocasião de provarem a vossa fé.

Esta explicação se refere ao fato de que diante das adversidades temos que mostrar nossa fé nos ensinamentos de Jesus, pois é no momento difícil que temos que estender a mão ao próximo que sofre, que nos magoa, que erra. Mantenha sua fé inabalável, sê forte e crê no que o Cristo ensinou, espalha suas palavras de amor e caridade e verás a recompensa de sua coragem quando retornar a pátria amada.

Aquele que se envergonha de falar que é cristão, que teme a reação das pessoas quando lhe perguntam em que você crê, que finge ser seguidor do evangelho, pois só o faz quando ninguém está olhando, este age com covardia.

Jesus trabalhou incessantemente na caridade, ensinando a todos o que hoje aprendemos no evangelho e Ele nunca hesitou falar de Deus, de amor, de perdão.

Sigamos o exemplo do Cristo, sejamos corajosos e auxiliemos em todas as ocasiões, sejamos verdadeiros cristãos.

domingo, 20 de novembro de 2011

A Força do Pensamento

Muito se houve falar que atraímos aquilo que pensamos, se pensamos em coisas ruins, atrairemos coisas ruins, se pensamos em coisas boas, atrairemos coisas boas.

É a pura verdade. Nosso fracasso e nosso sucesso na vida depende do quão positivo ou negativo nós somos.
Tal qual um imã atrai o metal, nós também atraímos o bem ou o mal.
Aquele que confia e acredita ou deseja a violência, não só sofre com a violência física, mas também recebe violentos golpes da vida.

Aquele que age no pessimismo, descrente de tudo e incapaz de ver um futuro promissor, viverá na depressão e na amargura por assim cultivar esses pensamentos.
O que não só anseia por melhorias, como uma casa, um carro ou algo de bom a acontecer, mas que também faz por merecer e principalmente ACREDITA que conseguirá, este alcançará a conquista de seus sonhos.

Vemos todos os dias pessoas ao nosso redor, uns são fracassados, pois já adentraram no caminho pensando não serem capazes de conseguir, outros são vencedores, mesmo sem ver nenhuma facilidade no seu caminho sempre creram serem capazes de atingir seus objetivos.

Tente, pratique o pensamento positivo e com fé verás que ao se esforçar no trabalho físico e positivar o pensamento, teu esforço resultará na conquista da felicidade tão almejada.

Crer é poder, move montanhas sim e mais do que isso, muda nossa vida.

Cativar

Momento com Jesus

Disse o Mestre: "buscai e achareis".
Mesmo nos céus, você pode fixar a atenção na sombra da nuvem
ou no brilho da estrela.
 
Afirmou o Senhor: "cada árvore é conhecida pelos frutos."
Alimentar-se com laranja ou intoxicar-se com pimenta é problema seu.
  
Proclamou o Cristo: "orai e vigiai para não entrardes em tentação, porque o espírito, em verdade, está pronto, mas a carne é fraca."

O espírito é o futuro e a vitória final, mas a carne é o nosso próprio passado, repleto de compromissos e tentações.
Ensinou o Mentor Divino: "não condeneis e não sereis condenados".
Não critique o próximo, para que o próximo não critique a você.
Falou Jesus: "quem se proponha conservar a própria vida, perdê-la-á".

Quando o arado descansa, além do tempo justo, encontra a ferrugem que o desgasta.
Disse o Mestre: "não vale para o homem ganhar o mundo inteiro, se perder sua alma".
A criatura faminta de posses e riquezas materiais, sem trabalho e sem proveito, assemelha-se, de algum modo, a pulga que desejasse reter um cão para si só.
Afirmou o Senhor: "não é o que entra pela boca que contamina o homem".

A pessoa de juízo são, come o razoável para rendimento da vida, mas os loucos ingerem substâncias desnecessárias para rendimento da morte.

Ensinou o Mentor Divino: "andai enquanto tendes luz".
O corpo é a máquina para a viagem do progresso e todo relaxamento corre por conta do maquinista.
Proclamou o Cristo: "orai pelos que vos perseguem e caluniam".
Interessar-se pelo material dos caluniadores é o mesmo que se adornar você, deliberadamente, com uma lata de lixo.
Falou Jesus: "a cada um será concedido segundo as próprias obras".

Não se preocupe com os outros, a não ser para ajudá-los; pois que a lei de Deus não conhece você pelo que você observa, mas simplesmente através daquilo que você faz.

ANDRÉ LUIZ
(O Espírito da Verdade, 55, FCX,WV, FEB)

sábado, 19 de novembro de 2011

Súplica a Jesus

O Tamanho das Provações

A provação nos traz não mais do que nova oportunidade de aprendizado e evolução, de redimir-se do erro passado.

No entanto, muitos de nós preferem reclamar, murmurar, desistir devido ao tamanho da dificuldade imposta pela provação.

Amados irmãos, Deus é bom, é justo e não lhe ofertou nada que não lhes seja capaz de realizar. A provação, quando grande, parece-lhe o fim e realmente pode ser, pois a provação mais pesada é senão sinônimo da libertação mais necessária.

É através dela que seu espírito conseguirá superar sua maior dificuldade. Ela é uma benção. Tende fé e segue em frente, não te lamentes, não reclames, mas sim confie no PAI e continue firme.

Reclamar não vai resolver a tua provação, tão pouco vai amenizá-la, quanto menos o livrará dela. Mas seguir em frente com fé e resignação lhe permitirá sim, concluir com êxito e vencer seu maior desafio.

Jesus está com cada um de nós, não nos abandonou e nem o fará, pelo contrário, por meio dos tarefeiros da luz, Ele sempre esteve ao nosso lado, nos amando, nos ajudando, nos acalmando e incentivando no trabalho da caridade.

Tenham fé, não desistam, tudo ficará bem!

sexta-feira, 18 de novembro de 2011

O Senhor te constrói e te guarda.


Leitura bíblica: Salmo 127,1-5

(v. 1)
Se o Senhor não construir a casa, é inútil o cansaço dos pedreiros. Se não é o Senhor que guarda a cidade, em vão vigia a sentinela. 
Sem mim teus esforços serão inúteis. Apenas eu posso velar sobre tuas obras. Se minha bênção não repousar sobre o teu trabalho, todos os teus esforços serão em vão e tuas obras, sem valor. 
No entanto, muita gente pensa poder ganhar meus favores me oferecendo sacrifícios e labores. Eles esqueceram essas palavras: " A obediência vale mais do que o sacrifício". Eles me trazem sacrifícios custosos, mas não me obedecem na realização de tarefas fáceis que, de fato, possuem grande importância. 
Meu bem-amado, eu quero te construir uma casa, não por um tempo apenas, para por toda a eternidade, um lugar onde os que tiveres ganhado para a justiça poderão viver eternamente contigo nos céus. Mas não busques responder com tuas próprias forças. Apóia-te apenas em mim. Conversa comigo. Ouve minhas ordens. Rende-me honras. Não construas seguindo a tua sabedoria. Em todas as coisas pensa em mim, e eu aplainarei a tuas sendas(cf. Provérbios 3,6). Eu protegerei o que o Espírito Santo te mandou construir. Reza mais , e eu velarei sobre os anos de trabalho que tiveste. Cada alma me é preciosa. Agora é chegado o tempo de dares mais atenção as almas que ganhastes; porém tudo que dizes ou fazes é insuficiente se não rezas por ela. Reza por elas! São filhos que precisam de pais e mães espirituais. Elas querem ter pais espirituais, mas para serem amadas não corrigidas. Dado que a correção é difícil, eu te ajudarei. 
Reza todos os dias pela família que eu te dei. Essa família é composta pela sua família natural e pela família espiritual. As orações que fazes pelos que são colocados sob tua autoridade têm grande eficácia. Deu uma eficácia especial às orações dos pais, naturais ou do plano espiritual. Utiliza esse poder diante do meu trono. As orações que fazes por teus filhos da carne ou no Espírito são mais potentes que as orações dos de fora. Ora muito por eles, para que eu possa protegê-los do maligno e dar-lhes vidas frutuosas e abençoadas. 
Perdoa-lhes as faltas como o faria uma mãe. Quando querem a independência , tenta compreender. Remete-os aos meus cuidados quando eles não querem os teus. Eu trabalhei junto contigo no segredo, para que atinjas o que buscas para eles e me pedes em oração. Lembra-te que eu e tu somos um, como o Pai e eu somos um. Sou tua ajuda e teu protetor.

Shaw, Gwen R. (livro 365 dias com o Senhor)

Terra, o Hospital Moral da Humanidade

 
Amados irmãos, quão mesquinha e materialista é a humanidade na Terra, quão sofrida e ambiciosa, quão orgulhosa é. Pensando na humanidade dessa forma, não somos capazes de ver um futuro agradável para nossos filhos e netos, não é mesmo?

Não é verdade, olhemos a Terra não como o todo, mas como uma pequena parte de um universo infinito. A humanidade não é exclusividade terrena, mas sim distribuída em todos os mundos do universo, cada qual com seu nível e portanto não podemos crer que nos resumimos a ser os únicos existentes no universo tão imenso criado pelo pai.

A terra não é como uma cidade que abriga todos seus habitantes, mas é como um hospital moral, onde uma pequena parcela de indivíduos se recupera. Ora, um hospital não abriga todos os habitantes de uma cidade, pois o mesmo ocorre com a Terra que não é capaz de abrigar todos os espíritos do universo.

Assim como o doente que recebe alta no hospital, o enfermo moral quando se corrige na Terra pode retornar para a pátria espiritual e habitar mundos mais evoluídos.

Deus é bom e justo, não nos forçaria a viver uma única existência em um único planeta sem termos condições para sermos felizes, tal qual um pai ama seu filho, assim é Deus, um Pai de amor e bondade.

quinta-feira, 17 de novembro de 2011

Cantiga de Paz

Momento de Luz

SE VOCÊ ESTÁ FELIZ, ORE SEMPRE, ROGANDO AO SENHOR PARA QUE O EQUILÍBRIO ESTEJA EM SEUS PASSOS.

SE VOCÊ SOFRE, ORE PARA QUE NÃO LHE FALTE COMPREENSÃO E PACIÊNCIA.

SE VOCÊ ESTÁ NO CAMINHO CERTO, ORE PARA QUE NÃO SE DESVIE.

SE VOCÊ ESTÁ DE ESPÍRITO MARGINALIZADO, SOB O RISCO DE QUEDA EM DESPENHADEIROS OU PERIGOSOS DECLIVES, ORE PARA QUE O SEU RACIOCÍNIO RETOME A SENDA JUSTA.

SE VOCÊ ESTÁ DOENTE, ORE A FIM DE QUE A SAÚDE POSSÍVEL LHE SEJA RESTITUÍDA.

SE VOCÊ TEM O CORPO ROBUSTO, ORE PARA QUE AS SUAS FORÇAS NÃO SE PERCAM.

SE VOCÊ ESTÁ TRABALHANDO, ORE PEDINDO A DEUS LHE CONSERVE A EXISTÊNCIA NO PRIVILÉGIO DE SERVIR.

SE VOCÊ PERMANECE AUSENTE DA ATIVIDADE, ORE, SOLICITANDO AOS MENSAGEIROS DO SENHOR LHE AUXILIEM A ENCONTRAR OU REENCONTRAR A FELICIDADE DA AÇÃO PARA O BEM.

SE VOCÊ JÁ APRENDEU A PERDOAR AS OFENSAS, ORE PARA QUE PROSSIGA CULTIVANDO SEMELHANTE ATITUDE.

SE VOCÊ REPROVA OU CONDENA ALGUÉM, ORE ROGANDO À DIVINA PROVIDÊNCIA LHE AJUDE A ENTENDER O QUE FARÍAMOS NÓS SE ESTIVÉSSEMOS NO LUGAR DE QUEM CAIU OU DE QUEM ERROU, DE MODO A APRENDERMOS DISCERNIMENTO E TOLERÂNCIA.

SE VOCÊ POSSUI CONHECIMENTOS SUPERIORES, ORE PARA QUE NÃO LHE FALTE A DISPOSIÇÃO DE TRABALHAR, A FIM DE TRANSMITÍ-LOS A OUTREM,

SEM QUALQUER IDEIA DE SUPERIORIDADE, RECONHECENDO QUE A LUZ DE SUA INTELIGÊNCIA VEM DE DEUS QUE NO-LA CONCEDE PARA QUE VENHAMOS A FAZER O MELHOR DE NOSSO TEMPO E NOSSA VIDA, ENTREGANDO-NOS, PORÉM, À RESPONSABILIDADE DE NOSSOS PRÓPRIOS ATOS.

SE VOCÊ AINDA IGNORA AS VERDADES DA VIDA, ORE PARA QUE O SEU ESPÍRITO CONSIGA ASSIMILAR AS LIÇÕES QUE O MAIS ALTO LHE ENVIA.

ORE SEMPRE.

A ORAÇÃO É O MOMENTO DE LUZ, NAS OBSCURIDADES E PROVAS DO CAMINHO DE APERFEIÇOAMENTO EM QUE AINDA NOS ACHAMOS, PARA O NOSSO ENCONTRO ÍNTIMO COM O AMPARO DE DEUS.

ANDRÉ LUIZ