sexta-feira, 15 de fevereiro de 2013

A Imagem Ilusória da Expectativa Perfeccionista






  Não são as pessoas que nos decepcionam, mas sim nós que criamos a nossa imagem projetada sobre elas. Desejamos que o outro seja o que somos, esperamos que ele ou ela aja como agimos, nos iludimos de forma grosseira porque nós não somos perfeitos e portanto não temos que cobrar a perfeição de ninguém.

  Cada um é o que é, isso é fato, não tem como a pessoa ser o que eu quero que ela seja, mas tem como ela ser o que ela quer ser. Portanto, é ela quem deve querer mudar para melhor e não eu quem devo forçá-la a isto.

  Cada um oferece aquilo que tem para oferecer, ninguém pode dar mais do que tem. Acaso você acha que pode ofertar mais tempo do que tem? Então por que você exige que o outro tenha todo o tempo do mundo só para você?

  Expectativas são ilusões criadas pelo apego e que ferem nossos sentimentos quando não são atendidas. Mesmo que elas, no começo, sejam atendidas, cedo ou tarde irão falhar e é ai que o seu mundo ilusório vai desabar.

  Como resolver então este conflito entre o real e imperfeito com o imaginário e perfeito? Simples, não exigindo do seu próximo aquilo que você sabe que ele, por suas limitações, não lhe é capaz de oferecer. Aceitando os outros como eles são. Não cobrando de alguém algo que nem você é capaz de fazer.

  Curioso é que Jesus a muito tempo já nos havia ensinado isso e até hoje vemos as pessoas sofrendo por não terem aprendido essa simples lição: amai-vos uns aos outros como gostaríeis que vos amassem.

  Como posso estar amando alguém se cobro dele que seja outra pessoa? Se quero mudá-lo para que atenda exclusivamente as minhas necessidades e caprichos? Que relação amorosa e romântica poderia sobreviver ao sufoco que eu imponho ao meu parceiro(a)?

  Não é possível ser feliz querendo mudar os outros, mas é possível ser feliz querendo mudar a mim mesmo. Sou eu quem tenho que melhorar e o máximo que posso fazer é estender a mão a quem precisa de ajuda, pois forçá-lo a mudanças é o mesmo que cultivar expectativas sobre ele(a).

  Reconheça suas próprias imperfeições e ao identificá-las, deixe de exigir dos outros a perfeição, mas passe a amá-los exatamente como eles são.


2 comentários:

  1. Expectativa gera ansiedade. Na verdade queremos que tudo seja como imaginamos. Aprendi que com isso nos traímos e geramos a própria infelicidade. parabéns pelo post. Abraços

    ResponderExcluir
  2. Obrigado Silvana, concordo com você e fico feliz que hoje possas dizer que aprendeu com os erros do passado, muitos demoram muito a aprender.

    ResponderExcluir