sexta-feira, 30 de agosto de 2013

O dia de hoje deve ser extraordinário para cada um de nós!


  Cada dia é uma nova oportunidade a ser vivida e com companheirismo, com educação, com humildade e amor tudo fica melhor ainda.

  É tão bonito ver um casal de velhinhos cuidando um do outro, principalmente quando nossa juventude comete tantos erros "ficando" ao invés de "amando" uns aos outros.

  Devemos aprender com a sabedoria e com os exemplos dos mais antigos, pois eles já passaram por tantas dores, tantas dificuldades que podem nos ajudar a evitarmos muitos males para nossas vidas.

  Façamos portanto o papel de ouvintes e escutemos as palavras dos nossos avós e amigos idosos, visando entender como podemos aproveitar o dia de hoje como sendo único, o melhor dia de todos, para que se tivermos a oportunidade de vivermos o amanhã, que o façamos melhor ainda do que foi hoje.

  Cada dia é uma chance nova, cada chance nova é algo que devemos agarrar e aproveitar ao máximo, vivendo com muito amor e muita paz, em sociedade, com os amigos e parentes. Ver o sol nascer faz tão bem, admirar a lua então enche os olhos de tanta beleza, contar as estrelas nos ajuda a passar o tempo de uma forma simples e agradável, sentir a brisa suave no rosto nos faz lembrar do toque da pessoa amada. Viva, aproveite a vida, sinta-a, experimente-a e faça o melhor hoje, para tentar novamente amanhã!

quinta-feira, 29 de agosto de 2013

A luz que me ilumina é mais forte do que a escuridão na qual você vive.


  A luz interior jamais deve ser apagada, ela representa o nível de pureza do espírito que habita o corpo e, portanto, quanto mais amor esse espírito possui, mais luz ele irradia.

  Algumas pessoas podem desejar apagar a nossa luz, talvez por inveja, talvez por ciúmes, não importa o motivo, o que importa é que somente se apagará a luz interior se nós permitirmos.

  Jesus por diversas vezes teve contratempos e pessoas invejosas que queriam impedi-lo de cumprir sua missão, buscavam a todo instante apagar a luz divina que habitava o corpo do Cristo. Mas Jesus era sábio e puro demais para que conseguissem sequer chegar perto Dele, resistiu até o momento em que a única força maior que a Dele decidiu por um fim a sua vida, a vontade de Deus em expor seu filho como exemplo eterno de amor e dedicação na cruz.

  A luz que irradiamos é diretamente proporcional a bondade e ao amor que temos no coração. Para brilharmos muito, temos que amar muito. É importante nos purificarmos todos os dias, meditarmos, orarmos e praticarmos a caridade de todo o nosso coração, assim nossa luz irá ofuscar os olhos dos que nos odeiam, invejam e nos desejam qualquer mal que seja.

  Não há sombra que não ceda espaço para a luz. Por isso, mesmo que a situação que enfrentamos seja a pior possível, se houver a luz pura do amor dentro de nós, nada vai obscurecer o nosso caminho.

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Quando ele não está mais aqui para eu me desculpar...


  Deus trouxe você para habitar um lar, geralmente com um pai e uma mãe para de ti cuidar. Também trouxe amigos diversos para te fazer companhia, para um ombro lhe dar quando quiser chorar.

  Mas eles não são perfeitos e podem várias vezes ainda errar. Assim como você, que caminha a passos apertados, tentando se corrigir, tentando ser uma pessoa melhor a cada dia. Se eles e você são todos imperfeitos, por que exigir deles a perfeição, quando eles não exigem isso de você? E se o fazem, não estariam eles errados também? Perfeito é somente Deus, nós somos ainda simples e ignorantes no tocante ao amor.

  Ao invés de tratar asperamente um parente ou amigo que Deus colocou na sua vida, observa calmamente as atitudes dele e procura compreender o que se passa naquela mente. Ponha-se no lugar dele e tente sentir o que ele sente. Entender o universo de cada um é caridade, é aprender a respeitar as imperfeições do próximo.

  Nós temos muito pouco tempo de vida terrena, precisamos aprender a usá-lo bem. Um tempo tão precioso que nos foi concedido para o nosso adiantamento moral e intelectual não deve ser jogado fora.

  Se hoje você gasta tempo e energia para discutir com as pessoas que te amam, amanhã você poderá não ter nem a oportunidade de pedir perdão, pois o tempo passa e a vida carnal cessa, dando liberdade ao espírito para retornar à pátria amada.

  Não façamos aquilo que depois viremos a nos arrepender. A pior culpa é aquela que se carrega por não ter conseguido pedir perdão em tempo hábil. O remorso e a dor que se carrega são castigantes e frutos de nossa indisciplina e revolta desenfreada que é alimentada pelo nosso orgulho em acharmos que sempre estamos certos e o outro errado.

  Aproveitemos esse tempo de convívio entre família e amigos e busquemos amar mais do que condenar, respeitar mais do que ofender, auxiliar mais do que criticar.

terça-feira, 27 de agosto de 2013

Muito já ganhamos, pouco nos lembramos, mas sempre queremos mais...


  Correr atrás de um sonho não é errado, mas esquecer-se dos sonhos já conquistados é.

  Na vida, todos nós temos a feia mania de querermos mais e mais, acumularmos pilhas sobre pilhas de coisas materiais. São guarda-roupas cheios, são quartos de tralhas cheios, são carros que não cabem mais nas garagens... Um busca desenfreada pelo consumismo que só nos causa transtornos.

  Meditemos um pouco sobre esta questão e busquemos nos lembrar do que já temos, do quão suficiente já é para nossas vidas e entendamos que nem sempre o que queremos é o que precisamos.

  Antes de pedir por algo, agradeça pelo que já tem. É importante não esquecer do que já conquistou, pois isso muito entristeceria quem lhe presenteou.

  O Cristo viveu uma vida simples e de pura libertação material, sigamos seus exemplos e busquemos viver com simplicidade, sem luxo, sem exageros, sem fazermos mal a nós mesmos. Quem não quer ter mais do que pode, não cria dívidas e não sofre por ganhar o insuficiente e vive em paz. Ou seja, a paz com o salário que tens hoje é consequência da sua disciplina em se agradar com o que tem e não desejar ser um acumulador de matéria temporária.

segunda-feira, 26 de agosto de 2013

O universo interior de cada um é diferente e merece ser respeitado.



  Um sujeito estava colocando flores no túmulo de um parente quando vê um chinês colocando um prato de arroz na lápide ao lado.

  Curioso e inconformado com aquela visão, o rapaz pergunta ao simples chinês que ali estava apenas para demonstrar o seu amor:

  "Você acha mesmo que o espírito desta pessoa virá comer o arroz que você colocou ai?"

  O chinês, de olhos tristes e roupas humildes olha para o rapaz e lhe responde suavemente:

  "Sim, da mesma forma  e geralmente na mesma hora que o seu vem cheirar as flores que você acabou de por ai...."

  Respeitar as opções do outro em qualquer aspecto é uma das maiores virtudes que um ser humano pode ter. As pessoas são diferentes, agem diferentes e pensam diferentes, mas isso não faz delas melhores ou piores, faz delas únicas.

  Procure não julgar as pessoas, esse é um erro muito comum em nossas culturas materialistas. Busquemos compreendê-las, tentar entender o universo em que cada uma delas vive e então chegaremos a conclusão que se estivéssemos na pele delas, talvez agíssemos da mesma forma.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Perder para conquistar no jogo da vida, sempre há escolhas, faça a sua!


  Muito nos é ofertado nesta vida, algumas coisas são boas, outras são ruins. Escolhas não seriam diferentes, pois a todo instante somos postos frente a frente com elas e precisamos discernir sobre a boa e a ruim.

  Nem sempre podemos manter tudo o que temos ou o que somos, as vezes, nessas escolhas temos que abrir mão de alguma coisa.

  Essas perdas fazem parte do nosso progresso material, moral e intelectual. Ora, quem escolhe comprar uma Ferrari, obviamente se desfazeria de um carro velho que só lhe dava prejuízo para aproveitar o novo, assim como quem escolhe seguir pelo caminho da humildade precisará jogar fora sentimentos como egoísmo e orgulho.

  Estar disposto a perder para ganhar é uma estratégia da vida que pode tirar as coisas ruins de nós e nos ofertar outras melhores. Estejamos portanto prontos para perder o que é irrelevante e conquistar o que realmente vale a pena.

  Mudanças importantes ocorrem quando se faz necessário, elas não vem ao acaso. Deus tudo sabe e põe em nossos caminhos lindas oportunidades de mudança, não as desperdice!

  Lembre-se de que quem tem medo de mudar é porque não confia o bastante na providência divina ou porque sabe que o caminho que lhe foi apresentado é errado. O medo é o oposto da fé e quando o caminho é humilde e visa o bem de todos, não só o seu, então tenha fé em Deus e siga em frente.

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Todo túnel por mais escuro que seja, possui uma luz indicando o caminho


  Há sempre uma brecha pela qual a luz adentra em meio a escuridão, dando um fôlego a mais para aquele que se desviou do caminho, para que este encontre uma saída e volte a superfície.

  É triste vermos os que se afastam da luz, mas estes o fazem por que assim desejam, são as nossas escolhas visando os bens materiais que nos afastam dos bens morais e espirituais. Deus espera pacientemente que cada um de seus filhos a casa torne e, para isso, deixa sempre uma luz acesa como que indicando o caminho de volta.

  Mesmo nos momentos mais difíceis, haverá sempre uma saída. Devemos aprender a suportar as dificuldades com resignação, porque somos nós quem as causamos. Feliz aquele que se esforça para buscar o caminho do bem, pois este ameniza e evita muitos sofrimentos em sua vida.

  A luz do amor é para todos, brilha dia e noite, não se cansa de nos chamar. Não percamos mais tempo, é hora de renovar atitudes, de repensar as decisões, de traçar novos caminhos e de encontrar-mo-nos com o Cristo que está todos os dias de braços abertos nos esperando amorosamente.

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

A humanidade dividida pelo preconceito das religiões


  Temos muitas oportunidades de fazer o que é bom para nós e para o nosso próximo, devemos aproveitá-las, deixando de lado todo e qualquer preconceito com as crenças e/ou religiões que existam, pois diante de Deus, não importa qual religião você siga, todos são filhos do mesmo Criador.

  O amor não escolhe cor, nem raça e nem crença. O amor é para todos, é sublime e eterno e vem para auxiliar o pobre e o rico, o culto e o ignorante a se tornarem pessoas melhores. O amor nos transforma em pessoas mais humildes, mais agradáveis, mais puras.

  Quem se prende aos rótulos da religião, esquece-se de que a religião foi criada pelo homem para separar o próprio homem. Nosso passado nos traz a história de muitas brigas e batalhas sangrentas que tinha como pretexto a defesa da crença de um determinado povo. Triste realidade que vivenciamos ao longo de muitas e muitas décadas e que hoje, graças a bondade de Deus, está muito melhor pela paz que conservamos. Mas ainda temos muito a caminhar, temos que aprender a nos darmos as mãos e a seguirmos juntos, sem preconceito.

  Não é um livro que a sua religião traz com ensinamentos que traz a verdade sobre Deus, não é a bíblia, não é o alcorão, não é o pentateuco espírita, mas sim o seu coração. É no coração que habita o amor e é o amor que expõe toda a lei de Deus. Lembremos que Jesus não pregava religião alguma, ele era Judeu, mas só ensinou-nos a amar por meio da caridade. Sendo Jesus o maior exemplo de humildade que tivemos, por que então defendemos a bandeira de nossa religião ao ponto de acusarmos o próximo de estar no caminho errado só porque ele prega o amor por meio de outra doutrina? Se Jesus não condenou o seu próximo, por que nós temos o direito de fazê-lo?

  Reflitamos no amor de Deus, de Jesus e em suas práticas de caridade e esqueçamos as diferenças de crenças e demais preconceitos que ainda nos deixam distantes de sermos bons de todo o coração.

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Aluga-se um coração com 2 quartos, sala, cozinha e banheiro para a felicidade, o amor e a paz.


  Quem manda em teu coração é você mesmo, a chave que o abre ou o fecha fica em tuas mãos. É você quem toma conta dele, é você quem escolhe quem nele entra ou sai e é você quem vai por pra fora toda a tristeza que lá se instalou.

  Quando tomamos a postura de que somos os donos da nossa felicidade, passamos a decidir quem ou o que nos é lícito, assim como viável e benéfico.

  Aquelas atitudes que só lhe fazem sofrer, jogue-as fora. Aquela pessoa que não lhe deixa em paz, que lhe leva sempre à tristeza, afaste-se dela por um tempo. Aquele trabalho que lhe irrita, procure por algo que lhe agrade.

  Não deixe que a tristeza venha de mala e cuia para dentro do seu coração, feche as portas para ela e coloque um aviso: alugado eternamente para a felicidade, o amor e a paz.

  Somos ou não somos capazes de fazê-lo. Claro que somos, só depende da nossa vontade em nos libertarmos do que nos faz mal. Esforce-mo-nos em buscar as coisas boas da vida, concentre-mo-nos no que Deus tem preparado para nós e deixemos de lado os males materialistas e os apegos que só nos fazem sofrer.

  Cada um pode mudar, pode escolher, pode viver a situação que bem entender, basta querer. Levante-se hoje com essa ideia fixa na mente, deseje ardentemente encontrar um morador melhor para o seu coração e despeje a tristeza na rua.

  O mundo pode até te fazer chorar, mas Deus quer sempre te ver sorrindo!

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Tape um buraco de cada vez, evitando assim que te afundes na tristeza.


  Nós somos responsáveis pelo que sentimos, nós é que decidimos se seremos felizes ou não, se sorriremos hoje ou não, se choraremos ou não.

  As energias negativas, as quais por vezes nos assolam, são consequência de nossas escolhas. Tal como a água que não pode entrar no navio sem que haja uma brecha, nós é que damos ou não a brecha para as energias negativas nos penetrarem.

  Ao vigiarmos e orarmos com frequência, realizamos em nós mesmos pequenos reparos dos buracos e machucados acumulados durante todo o dia. A convivência áspera com pessoas pouco educadas e civilizadas, costuma trazer ferimentos para a nossa alma. Até seus pensamentos mal intencionados são um perigo para o nosso bem estar, por isso é preciso que nos protejamos, buscando manter o pensamento elevado, o amor no coração e a paz e a harmonia no ambiente.

  O navio bem cuidado pode navegar por longo tempo e em muitos mares sem que precise aposentar-se. Assim também é a nossa vida que se for bem cuidada terá longevidade e não irá requerer paradas nos hospitais e clínicas para a manutenção imediatista das enfermidades acumuladas pelo nosso descuido em viver.

  São como barreiras protetoras as luzes do pensamento elevado a Deus, elas nos fortalecem, nos protegem, nos motivam e nos guiam. Se o pensamento ruim te atormenta, para, respira, medita e ora, logo eles passarão e a paz em ti retornará.

  Cuida primeiro de ti mesmo para que então sejas capaz de cuidar dos que te cercam e de quem você ama.

sexta-feira, 16 de agosto de 2013

Porque todo dia é para nós uma nova oportunidade de fazermos melhor!


  Todos os dias surge ao menos uma nova oportunidade de vencer. Desafios nos são oferecidos, chances nos são concedidas, aprendizados virão a cada vitória ou derrota.

  Somando cada dia, temos o conjunto de batalhas da vida, que se superadas com amor e paz, tornarão nosso ser um ser mais puro, mais humilde e mais evoluído do que quando aqui nascemos.

  Lágrimas fazem parte dessas lutas, sendo algumas de alegria pelas conquistas, outras de tristeza pelos fracassos. Desistir, jamais! Lutar até o fim para vencer cada uma de nossas imperfeições, servindo de exemplo para os que vivem ao nosso redor se inspirarem e lutarem da mesma forma, pela mesma causa, à exemplo de Jesus que nunca se rendeu aos que eram contra a disseminação do amor por meio da caridade.

  Bendito é o Senhor que nos concede um novo dia para que possamos nos reerguer e tentarmos mais uma vez. Se ontem havia tempestade, hoje o sol pode brilhar para você, portanto confie na providência divina e siga adiante.

  Todos somos capazes de vencer, pois vencer a batalha da vida significa viver e para isto bastam ter vontade e fé.

  Agarre-se no corrimão do amor que não te deixará cair mesmo quando você tropeçar, então observarás que é pelo amor que conseguirás subir degrau por degrau na escada da evolução e do progresso a que somos convidados a escalar todos os dias.

quinta-feira, 15 de agosto de 2013

Mais vale 1 caridade feita com amor, do que 1.000 feitas por obrigação.


  Não sejamos afobados em querer fazer o bem, há um tempo para cada coisa em nossas vidas e há limitações que precisam ser respeitadas.

  Todos devemos seguir os exemplos do mestre Jesus, mas isso não significa que temos condições de nos igualarmos a Ele, até porque Jesus foi o espírito mais puro que reencarnou entre nós.

  Fazer caridade não requer quantidade, mas sim bondade. Não é quantas pessoas você ajudou ou salvou de algum problema que irá lhe tornar uma pessoa melhor, mas sim o quanto de amor que você depositou naquela boa ação.

  É verdade que a vida terrena é uma corrida para a superação de nossas imperfeições, mas diferente de uma corrida de automóveis onde somente o primeiro colocado ganha o prêmio, na vida todos que buscam progredir ao menos um pouquinho já ganham muito mais do que um troféu, do que fama ou do que dinheiro.

  Tão difícil é para o ser humano se libertar de suas vicissitudes, que ao fazê-lo, contempla uma bela sensação de paz e satisfação. Fazendo a caridade ao teu próximo você está galgando degraus acima na escala da evolução e se aproximando mais do mestre Jesus.

  Devemos ajudar os que estão mais próximos primeiro, pois eles são o nosso maior desafio. Não temos que mudá-los e nem obrigá-los a aceitar aquilo em que acreditamos, mas temos que lhes estender a mão em auxílio, temos que perdoar suas asperezas, temos que compreender suas atitudes e estar sempre de sorriso largo e braços abertos para lhes receber. Não seríamos capazes de ajudar um desconhecido se dentro do nosso próprio lar agíssemos com indiferença ou crueldade com aqueles que Deus escolheu para compor a nossa família terrena.

quarta-feira, 14 de agosto de 2013

Fica uma dor temporária por aqueles que se foram.


  A pessoa que parte em uma nova jornada, seja para conhecer outros lugares no mundo, seja para dar sequência nos planos de Deus, deixa sempre um rastro de saudade pela sua ausência em nossas vidas, pelos momentos alegres que juntos vivemos, pelos aprendizados que foram consequência de muitos erros.

  A dor que vem junto a esta saudade não nos é benéfica senão durante os primeiros meses. No caso do desencarne, há sempre pranto e lamentações, o que é perfeitamente normal devido aos laços de apego que mantemos com as pessoas em nossas vidas. O que não deve ser duradouro é esse sofrimento.

  A partida para o plano superior é uma benção que mostra-nos a bondade de Deus em nos libertar das dificuldades vivenciadas por aqueles que estavam presos à matéria grosseira deste mundo. Logo que o espírito parte, já se encontra em um estado bem melhor, livre das doenças e das dores materiais, livre para viver em paz, para reencontrar pais, avós, irmãos que partiram antes dele.

  Os que ficam devem guardar as boas lembranças e se livrar do apego que lhes faz sofrer. Quem ama de verdade não prende ninguém e portanto, deixa o espírito do desencarnado seguir sua caminhada agora mais próximo de Deus. Lá ele estará em paz, buscando tornar-se melhor ainda, buscando aprender com os erros do passado, mas em ótimas companhias.

  Como disse antes, o choro e o lamento são normais nos primeiros meses, mas essa saudade dolorida precisa passar, pois se ela durar anos, será um empecilho para o seguimento da caminhada daqueles que aqui ficaram. A vida prossegue, mesmo quando seu pai, sua mãe ou qualquer pessoa querida parte. Você é forte e é capaz de superar todas as barreiras e obstáculos sozinho, portanto não crie essa dependência dos outros, mas lembre-se de que Deus nunca lhe deixa só. Há sempre um anjo da guarda lhe intuindo ao bom caminho, ouça aquele que quer ouvir, assim nos ensinou Jesus.

  O amor é eterno e os que partiram deixando saudade, irão se lembrar de nós por toda a eternidade. Um dia, o reencontro ocorrerá, num plano muito mais evoluído do que o que vivemos hoje, onde a dor e o sofrimento cederam lugar ao amor e a paz, a alegria e a harmonia da vida espiritual no reino de Deus.

terça-feira, 13 de agosto de 2013

Orai e Vigiai a si próprio e deixai o teu próximo em paz


  Ao darmos importância aos acontecimentos na vida de outras pessoas, deixamos de aplicar-nos na nossa própria vida e perdemos valiosa oportunidade de progredirmos.

  O ser que busca tudo conhecer do seu irmão para depois invigilantemente fazer fofoca, além de perder tempo importante, acaba por prejudicar a si próprio e ao seu próximo com atitudes de inveja e maldade nas palavras lançadas aos ouvidos dos outros.

  Aplique-mo-nos na observação de cada passo que damos, cada um cuidando de sua própria vida, buscando corrigir a si próprio e não aos outros. Se fulano fez isso ou aquilo, não se preocupe, ficai preocupado se fosse você quem fez algo de errado.

  Temos muitas imperfeições a trabalhar, poucas oportunidades para aproveitar. Quem deixa as oportunidades passarem, não pode depois reclamar que não teve chance de melhorar e, por consequência, deverá arcar com a sua indisciplina em não cumprir aquilo que lhe foi proposto antes de nascer e que é a purificação do seu próprio espírito.

  Deus espera que cada um de nós evoluamos em cada encarnação, a exemplo do que Jesus nos ensinou, amando e perdoando, olhado para dentro de si próprio e descobrindo o que há de errado em nossas atitudes e pensamentos. Praticai então a reforma íntima e encontrai os pregos tortos na madeira, removendo-os e substituindo-os por pregos novos que irão fixar corretamente, deixando mais próximo da perfeição o que antes estava mal acabado.

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

O que habita em mim deve ser bom, pois o que é mal irá para o lixo.


  Assim como a casa precisa estar limpa e organizada, assim é o nosso corpo, pois ele é morada do espírito, princípio inteligente que habita a carne.

  Ninguém suporta viver em um lar onde a sujeira, a poeira, o mau cheiro e a desorganização reinam. Então, por que você permitiria que o teu espírito vivesse num corpo assim?

  Além do banho que faz a limpeza física, há outros afazeres para se manter a ordem da nossa casa, dando maior conforto à alma que nela mora. Manter a alimentação saudável reduz as chances de se contrair doenças físicas. Vestir-se com roupas simples, leves e limpas nos dá melhor mobilidade na matéria grosseira e nos mantém protegidos contra o clima.

  Mas de todas as faxinas que podemos fazer, a melhor é a faxina moral. A limpeza dos maus sentimentos é essencial para que a luz do espírito não seja ofuscada. Acredito que você ao olhar a para um diamante, faça questão de apreciar o seu brilho intenso. Então veja o seu espírito como um diamante que, se não for limpo, não conseguirá brilhar.

  Cada sentimento ruim que guardamos, cada mágoa, cada ódio, cada medo, cada incerteza, cada ansiedade, faz mal para nós mesmos. Liberte-mo-nos de tais sentimentos, guardando em nós somente o que é bom, como a paz, o amor e a alegria de poder viver mais um dia neste planeta lindo.

  Mesmo que as dificuldades venham, esforce-se para superá-las. Livre-se do que não lhe é benéfico e siga adiante. Ore sempre que sentir-se com pensamentos ruins, medite sempre que precisar encontrar reequilíbrio. Logo a tempestade passará e o sol tornará a brilhar mais uma vez.

  Deus nos vê como raros diamantes, de brilho intenso e beleza sem igual. Que cada um de nós possa brilhar para agradar aos olhos do Pai!

sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Muitos me rodeiam, mas nem todos são meus amigos.


  A quantidade de pessoas que se dizem ser nossas amigas não é o que mais importa, mas sim a qualidade de cada uma delas.

  Na lei de atração, onde o que é bom atrai o bom, entendemos que a honestidade é uma das características que compõe o bom caráter e, por sua vez, atrai os amigos certos, aqueles que são realmente boa companhia.

  Existe em nossa sociedade uma corrida para ser popular, para ser visto entre muitos, quando na verdade deveríamos nos preocupar em sermos bons, humildes, honestos, sinceros e amorosos.

  Podemos ver o problema desta popularidade desenfreada em vários lugares, até mesmo nas escolas infantis. Se observarmos os exemplos desse tipo de busca, enxergaremos ao menos um que nos é de grande aprendizado, o do político.

  Em sua busca pela aceitação da população e da vida de aparências, o político se perde em meio a falsos amigos, pessoas que momentaneamente desejam ter seu apoio, até o momento em que não precisem mais e então revelarão-se indiferentes com ele. Ora, se este caso nos mostra o porque de tantos políticos não serem honestos, usemos-o para nos afastar deste tipo de conduta e busquemos na honestidade o encontro da verdadeira amizade.

  O Cristo não buscava ser popular entre seus irmãos, apenas trazia consigo alguns poucos apóstolos, poucos mas fiéis, poucos mas humildes, sinceros e honestos. Até mesmo Judas tinha suas boas qualidades, mas foi preciso que ele se mantivesse em meio aos amigos do grande Mestre para que se fosse passada a lição tão valiosa que Jesus nos passou, a de que todos merecem uma segunda chance e de que todos podem mudar, para isso precisam querer. Jesus já sabia que Judas o trairia e mesmo assim quis sua companhia, porque nós precisávamos desse ensinamento. Precisávamos aprender que entre os bons amigos, podem haver aqueles que não o são e precisamos aprender a distingui-los, para evitarmos más influências.

  A amizade é sem dúvida uma demonstração de amor, por isso valorize as que você tem e observe com cuidado quem realmente te ama como amigo.

quinta-feira, 8 de agosto de 2013

A alegria de realizar um sonho


  Seria no mínimo triste podermos sonhar e não podermos realizar as coisas boas com que sonhamos. Mas a realidade é absolutamente boa, pois nos permite despertar dos sonhos e ainda por cima batalharmos para um dia realizá-los.

  Deus provê as ferramentas para o progresso da humanidade. Há tecnologia, há recursos naturais, há inteligência e muitas vezes nós temos apenas que empregar a vontade.

  Se você sonha com um mundo melhor, com uma vida melhor, com qualquer coisa boa que seja benéfica para sua vida e a dos teus semelhantes, então pegue a enxada e comece a trabalhar, pegue o livro e comece a estudar, pegue o amor e comece a semear.

  Temos que fazer os sonhos valerem à pena. Temos que trazer o que há de bom dentro de nós para o exterior e mostrar ao mundo que somos capazes de torná-lo um lugar melhor para vivermos.

  Quem fica sentado na cadeira de balanço sonhando o dia todo, vê a vida passar, o tempo se esgotar e de repente o desencarne chegar sem nada ter feito de produtivo.

  Sonhar faz bem, faz muito bem, porque nos enche de esperança, mas realizar o sonho é sem igual. Se achar dificuldade em realizar o sonho sozinho, chame os amigos, os parentes, os mais próximos e juntem-se para que a felicidade chegue na vida de todos e para que novos sonhos venham a ocupar as suas mentes!

quarta-feira, 7 de agosto de 2013

Quando a prece nos toca o interior e faz a luz resplandecer


  Ao direcionarmos nossas preces para Deus, lembremos sempre de que não é Deus quem precisa ser influenciado por nós, não é Deus quem precisa mudar, Deus é perfeito.

  Sendo assim, quem deve mudar sua natureza imperfeita somos nós. A prece deve ser instrumento de humildade para nos auxiliar na nossa correção, na eliminação de nossas imperfeições.

  Aquele que ora pedindo para Deus se comover de sua pobreza e que caia dinheiro dos céus, está enganado quanto ao uso da prece. Melhor seria que este orasse a Deus pedindo para que receba nova oportunidade de trabalho digno e honesto, que lhe provenha o suficiente para seu sustento e que lhe permita progredir estudando e batalhando na vida, com humildade, com amor e dignidade.

  Se pedirmos pelo milagre, provavelmente não seremos atendidos. Mas se pedirmos por ajuda para termos forças para superar as dificuldades, então a prece será boa aos olhos do Criador.

  Orar é uma arte que não se aprende da noite para o dia. Não adianta usar palavras prontas, bem escritas por terceiros, pois a oração que Deus ouve é a que vem do teu coração e não da tua boca.

  Usemos bem o instrumento da prece para que não nos façamos iludir com o nosso próprio orgulho, nos fazendo achar que somos nós quem ditamos as regras, quando na verdade somos apenas pequeninos pedintes, ainda incapazes de comandar nossas próprias características rebeldes e que necessitamos da ajuda divina todos os dias.

terça-feira, 6 de agosto de 2013

A Paz Mundial começa dentro do seu próprio Lar


  Ninguém pode começar a mudar o mundo para um lugar melhor se dentro do seu próprio lar reina a guerra e a discórdia.

  É no lar que enfrentamos a nossa maior batalha diária, no convívio com os parentes e amigos, na lida com as imperfeições do próximo e com as nossas próprias.

  É mais difícil amar aquele que mora contigo do que amar um desconhecido. Isso ocorre porque quanto mais próximo vivemos, mais nos conhecemos ao ponto de muitas vezes repudiarmos certas imperfeições. Essas provações são as melhores que podemos enfrentar, pois trazem grandiosas oportunidades de progredir.

  Perdoe um parente de trato áspero, procure observá-lo melhor, entendê-lo e então ofertar-lhe a mão amiga para que a paz no lar, na família volte a reinar.

  Se não conseguirmos levar a paz para a nossa família, dificilmente conseguiríamos levá-la para o restante do mundo. As pessoas se espelham nos exemplos, os quais vem do convívio diário com as pessoas que Deus escolheu para comporem sua família de sangue e carne.

  Sabemos que é difícil esse convívio, mas é possível e é importante dar o devido valor à essas pessoas, pois não se sabe o tempo que elas poderão estar aqui, encarnadas e ao nosso lado. Quem vive em brigas e discórdias, pode estar perdendo tempo precioso para aprender a amar e perdoar.

segunda-feira, 5 de agosto de 2013

O Propósito Oculto de Deus em nossas Vidas


  Quem considera as ações de Deus como despropositais, acaba por desmerecer o amor que Deus deposita em cada uma delas. O Criador não faz o que é inútil, nós é que não temos condições de compreender as ações Dele, devido a restrições no nosso campo de visão.

  Quando perdemos um emprego, somente lamentamos e culpamos alguém, as vezes até Deus sai como culpado. O que não percebemos é o que de maior virá com esse aprendizado. Podemos aprender que não demos o devido valor ao trabalho, podemos lembrar que não estudamos ou progredimos o bastante para acompanharmos o desenvolvimento da empresa e dos outros, podemos até ver que o ambiente nos era tão nocivo que Deus nos tirou de lá, para que não nos contaminemos pelo mal, tal como a maçã podre contamina outras no cesto de frutas.

  Ao invés de nos revoltarmos, busquemos meditar sobre cada acontecimento, sobre o propósito dele em nossas vidas. Há sim uma razão, há também um lado muito positivo até nas piores situações.

  Quando, por exemplo, um namoro acaba, há dor e pranto, há revolta e indignação. Olhando mais profundamente após semanas ou meses passados, descobrimos que foi melhor terminar mesmo, que aquela vida não nos era adequada, que haviam empecilhos para o nosso desenvolvimento e que se prolongasse mais a relação, o sofrimento da separação poderia ser até maior no futuro com um casamento, com filhos, com famílias envolvidas.

  Busquemos encontrar o propósito de Deus nas suas ações, assim seremos capazes de compreender o amor que Ele tem por nós!

sábado, 3 de agosto de 2013

Canção Vinde à Luz


Música: Vinde à Luz
Composição de Saray Lacerda.
Adaptada e interpretada por ELIZABETE LACERDA.
Para adquirir o cd com esta canção escreva para elizabetelacerda@gmail.com

Vídeo disponível no link Vídeo_95

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

Seja simplesmente otimista e veja o que há de melhor na vida!


  Temos tantas oportunidades de seguir o que há de melhor, precisamos nos educar e procurar aproveitar melhor nossas oportunidades.

  Os olhos nos dão a faculdade da visão e podem se bem empregados para enxergar o que há de mais belo na vida, nas pessoas, no mundo. Os olhos podem ver o que nós queremos que eles vejam, sendo portanto, nossa missão treiná-los para verem a beleza e a bondade.

  O coração é outro órgão importante nas nossas vidas, carregam em si o sentimento mais puro de todos, o amor. Enchamos o coração de amor e bondade, não desperdicemos espaço com sentimentos impuros como o ódio, a inveja, o orgulho ou o ciúmes. Só deve haver espaço para o amor, para a alegria, a felicidade e a paz. Usemos bem nosso coração, ele pulsa o que dentro há dele para todo o nosso corpo, se há amor, então o amor se espalhará dentro de nós.

  A mente é sem dúvida um computador ainda incompreendido pela humanidade. Usamos apenas uma pequena porcentagem e ainda assim há mentes brilhantes neste mundo. Saber empregá-la de forma a canalizar os bons pensamentos irá ajudar-nos a tornar-mo-nos pessoas melhores. Esqueça todo o mal que um dia lhe fizeram, perdoe e concentre-se nas coisas boas que Deus nos concedeu. Quem remói o mal, apenas prolonga o seu próprio sofrimento.

 A fé na vida, em Deus e na humanidade é o sentimento que nos mantém seguros de dias melhores virão. A alma dotada dessa fé se torna mais leve, mais pura, mais confiante. Sem fé, o homem não tem esperança e portanto, não vê a possibilidade de despertar amanhã. Lembremos da bondade e da justiça infinitas de Deus que não nos desamparará se fizermos a nossa parte buscando nos tornarmos pessoas melhores a cada dia.

  Ame até o último dia, pois quando ele chegar você irá descobrir que terá na verdade toda a eternidade para seguir amando!

quinta-feira, 1 de agosto de 2013

A multiplicidade da felicidade em nossas vidas


  Não só a felicidade como também o amor e a caridade são bens que quanto mais dividimos, mais vemos multiplicar-se. Ora, o bem que se faz é o bem que se incentiva o próximo a fazer e que se vê propagar com luz no infinito, tocando os corações mais necessitados e reavivando o amor por Deus.

  O melhor que podemos fazer nesta vida é justamente fazermos o bem. Divulgar os ensinamentos Cristãos, compartilhar momentos de solidariedade, atuar nas vidas daqueles que conosco convivem dando-lhes o sorriso da felicidade.

  Tudo isso ao ser compartilhado nos traz de volta muito mais coisas boas. Não temas em doar o que tens de bom, pois nada perderás, só tens a ganhar. Jesus doava tanto amor para os necessitados e vimos que nunca lhe faltou amor, o Mestre nos provava dia após dia que seu amor só aumentava, mesmo quando na cruz Ele estava.

  A matemática do bem foge da razão humana, ela foi criada por Deus e nós não temos capacidade de compreendê-la, mas sabemos que não é preciso tanto, basta termos vontade de vivê-la. Felicidade é algo que não se compra, se conquista, não se acha, se vivencia à cada dia.

  Sejamos todos felizes, mas o façamos juntos, de mãos dadas, como irmãos na terra de nosso Deus.