terça-feira, 27 de agosto de 2013

Muito já ganhamos, pouco nos lembramos, mas sempre queremos mais...


  Correr atrás de um sonho não é errado, mas esquecer-se dos sonhos já conquistados é.

  Na vida, todos nós temos a feia mania de querermos mais e mais, acumularmos pilhas sobre pilhas de coisas materiais. São guarda-roupas cheios, são quartos de tralhas cheios, são carros que não cabem mais nas garagens... Um busca desenfreada pelo consumismo que só nos causa transtornos.

  Meditemos um pouco sobre esta questão e busquemos nos lembrar do que já temos, do quão suficiente já é para nossas vidas e entendamos que nem sempre o que queremos é o que precisamos.

  Antes de pedir por algo, agradeça pelo que já tem. É importante não esquecer do que já conquistou, pois isso muito entristeceria quem lhe presenteou.

  O Cristo viveu uma vida simples e de pura libertação material, sigamos seus exemplos e busquemos viver com simplicidade, sem luxo, sem exageros, sem fazermos mal a nós mesmos. Quem não quer ter mais do que pode, não cria dívidas e não sofre por ganhar o insuficiente e vive em paz. Ou seja, a paz com o salário que tens hoje é consequência da sua disciplina em se agradar com o que tem e não desejar ser um acumulador de matéria temporária.

Nenhum comentário:

Postar um comentário