segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Tape um buraco de cada vez, evitando assim que te afundes na tristeza.


  Nós somos responsáveis pelo que sentimos, nós é que decidimos se seremos felizes ou não, se sorriremos hoje ou não, se choraremos ou não.

  As energias negativas, as quais por vezes nos assolam, são consequência de nossas escolhas. Tal como a água que não pode entrar no navio sem que haja uma brecha, nós é que damos ou não a brecha para as energias negativas nos penetrarem.

  Ao vigiarmos e orarmos com frequência, realizamos em nós mesmos pequenos reparos dos buracos e machucados acumulados durante todo o dia. A convivência áspera com pessoas pouco educadas e civilizadas, costuma trazer ferimentos para a nossa alma. Até seus pensamentos mal intencionados são um perigo para o nosso bem estar, por isso é preciso que nos protejamos, buscando manter o pensamento elevado, o amor no coração e a paz e a harmonia no ambiente.

  O navio bem cuidado pode navegar por longo tempo e em muitos mares sem que precise aposentar-se. Assim também é a nossa vida que se for bem cuidada terá longevidade e não irá requerer paradas nos hospitais e clínicas para a manutenção imediatista das enfermidades acumuladas pelo nosso descuido em viver.

  São como barreiras protetoras as luzes do pensamento elevado a Deus, elas nos fortalecem, nos protegem, nos motivam e nos guiam. Se o pensamento ruim te atormenta, para, respira, medita e ora, logo eles passarão e a paz em ti retornará.

  Cuida primeiro de ti mesmo para que então sejas capaz de cuidar dos que te cercam e de quem você ama.

Nenhum comentário:

Postar um comentário