segunda-feira, 30 de setembro de 2013

A correnteza da caridade está repleta da água do amor!


  Envolvidas no fluxo das energias pesadas e dos pensamentos materialistas, as pessoas passam longe de descobrirem a verdadeira paz que emana da ação caridosa. Como água límpida e cristalina que limpa o corpo, a caridade vem para lavar a alma do ser encarnado.

  Quando Jesus fez o convite a todos nós para aprendermos com Ele que é manso e humilde, deixou a mais importante direção que um cristão precisa seguir. Buscando nos ensinamentos do Mestre manso e humilde, descobrimos que foi a caridade que o manteve livre das tentações do mundo, que o manteve protegido dos olhares invejosos dos hipócritas, pois a caridade lavava a alma de Jesus com o amor que vinha direto do coração de Deus, seguindo para o coração daqueles que necessitavam.

  Somos como Jesus, instrumentos para o amor. Quando auxiliamos alguém, o amor que emana de Deus passar por nós, para somente depois atingir o coração daquele que recebe a ajuda. É por isso que quem faz caridade com boa vontade e fé, sente-se tão aliviado quanto quem recebe a ação caridosa. O ato de doarmos amor é a oportunidade de purificarmos nosso espírito, ao ponto de nos aproximarmos degrau por degrau Daquele que foi todo amor e bondade na carne, Jesus.

  Ó cristãos de todo o planeta, o que fazem vós que estais ai sentados quando há muitos famintos, doentes, desabrigados, tristes, depressivos e necessitados? Levantemos a bandeira com os dizeres Cristo, Amor e Caridade, para que sejamos mais um a levar os exemplos cristãos aos nossos irmãos. Há sede de amor em todo o nosso mundo, há oportunidades diversas para que façamos o bem, não as desperdicemos.

  Esqueçamos um pouco do nosso egoísmo, fujamos do nosso orgulho, acrescentemos uma pitada de boa vontade e nos afastemos dos afazeres materiais por alguns minutos, ao ponto de sermos solidários com os que nos rodeiam. Comecemos com a caridade dentro de nossas famílias, espalhemos então esse amor para os vizinhos, enfim cheguemos aos desconhecidos.

  Ao praticarmos a bendita ação caridosa, sentiremos dentro do peito o amor mais puro e sublime que já pode ser sentido por qualquer ser e acredite, viciaremos nesse amor, ao ponto de não o rejeitarmos mais e de desejarmos para sempre sermos felizes doadores do amor universal que vem do coração de Deus.

Nenhum comentário:

Postar um comentário