quarta-feira, 16 de outubro de 2013

Se te pesar o fardo, sorria, ele então há de se aliviar.


  Eis que o sorriso não é exclusividade das crianças, mas que nelas é encontrado em grande abundância.

  Todo adulto, mesmo que viva em condições difíceis, tem por obrigação exaltar a criança que há dentro de si e desenvolver o sorriso como fonte de luz da alma que irradia alegria por todo o seu redor.

  Triste é vermos pessoas emburradas,  de mal com a vida, que já despertam azedas e vão dormir mais azedas ainda. Para elas, a vida é penosa, sofrível, porque se fecharam nos seus sentimentos egoístas e deixaram de aproveitar as coisas boas, dando ênfase somente nas coisas ruins.

  Quando treinamos o sorriso, ele nos chama a atenção pela reciprocidade que traz, uma vez que ao sorrirmos, outros sorrirão para nós. É a lei do dar para receber, alegrar para ser alegrado.

  Feche o semblante por um só instante e note que as pessoas se afastarão de ti, pois ninguém suporta ou sente agrado em permanecer próximo à pessoas ranzinzas e mal humoradas.

  O segredo é andar sorrindo, esforçando-te para esquecer o que lhe é ruim e elevando os pensamentos às boas coisas da vida, para que te tornes de bem com a vida e destile a alegria por onde passares.

Nenhum comentário:

Postar um comentário