segunda-feira, 19 de maio de 2014

Espiritualidade e Religião.


  Na semana que se passou nós tivemos um episódio muito triste que nos mostra o quanto ainda somos atrasados moralmente. Apesar de existirem diferenças entre as variadas crenças e religiões, culturas e nações, todos somos filhos de Deus e ninguém tem o direito de excluir o próximo desta filiação.

  O caso em questão refere-se a um juiz, aqui mesmo no Brasil, o qual excluiu as religiões Umbanda e Candomblé, desconsiderando-as religiões. Se suas práticas não condizem com os ensinamentos cristãos, não seremos nós quem devemos julgar, somente Deus tem esse direito, Jesus mesmo nos avisou: não julgueis para não serdes julgados. Podemos sim observar as práticas e os estudos diferentes, entender que cada um tem o seu ponto de vista, respeitar e dar bons exemplos de conduta, afim de que o que é errado seja corrigido sem a imposição. Não digo que essas doutrinas são erradas, pois entendo que elas são diferentes no saber, no entender e no agir devido a não existir somente um caminho para a nossa evolução e também porque todos os caminhos nos conduzem a Deus se forem baseados no amor verdadeiro. Compreendo que não podemos exercer o preconceito, pois isso seria muito mais errado ainda do que qualquer prática contrária ao nosso credo.

  Oportunamente e propositalmente, uma vez que não acredito em acaso, veio-me às mãos o texto abaixo e que nos ajuda a entender um pouquinho mais do caminho que precisamos ainda trilhar:

Espiritualidade e Religião.
Autor Prof. Dr. Guido Nunes Lopes

A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.

A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.

A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção em sua Voz Interior.

A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.

A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.

A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: "aprenda com o erro".

A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!

A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.

A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.

A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.

A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.

A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.

A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.

A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.

A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência.

A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.

A religião alimenta o ego.
A espiritualidade nos faz Transcender.

A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.

A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.

A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.

A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.

A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.

A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.

A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida.

"Não somos seres humanos passando por uma experiência espiritual...
 Somos seres espirituais passando por uma experiência humana... "

Agradecimentos ao autor pelo lindo texto que nos permite refletir para sermos menos arrogantes!

Nenhum comentário:

Postar um comentário